ROTA

As infinitas possibilidades de exploração de caminhos pela dança contemporânea e a presença em cena do maior símbolo da invenção humana dão vida e movimento a Rota, espetáculo lançado pela Companhia de Dança Deborah Colker em 1997.

 

Terceira coreografia original e quarto espetáculo apresentado pela companhia carioca, Rota descreve seu giro e seu curso em torno dos grandes eixos de sustentação do trabalho da coreógrafa Deborah Colker: a utilização do gesto, síntese do movimento, como um poderoso ele­mento de expressão cênica; a apropriação de movimentos oriundos de outras práticas do corpo; e as reflexões sobre as forças que regem o movimento, gênese da dança. Incursiona também pelo balé clássico, passeia pelo jazz,

e promove, em dois atos e seis movimentos, uma ocupação radical do espaço cênico.

Criação, Coreografia e Direção DEBORAH COLKER

Direção Executiva JOÃO ELIAS

 

Direção Musical BERNA CEPPAS . ALEXANDRE KASSIN . SÉRGIO MEKLER
Cenografia e Direção de Arte GRINGO CARDIA
Figurinos YAMÊ REIS
Iluminação JORGINHO DE CARVALHO

 

 

Estreia 5 de setembro de 1997, Teatro João Caetano, Rio de Janeiro       

Duração 56 minutos 

CONTATO
/ CONTACT US
WEB Opus NÓ_Natal-11.png